<<retro     GIB 2     proks>>

Generala Ideo Banke

PREFAZE DU AWTORE

LINGWE ALFA

ALFA xran wo prototipe du planlingwe inspirira surbazey du mondkonira planlingwe "Esperanto". Tamen ALFA xran iom pli direktira al uzade en "cienzes", prezipey Matematike iw Fizike, por komenzi. Kvankam la nirnova planlingwe "Esperanto" juan yu hodiey certa respekte, tamen nis preferan ALFA, poys twa lasta evidentey definijan kwaw wo tawga "evolue" di la unua, por la cienza zele.

Pri la graveze enkonduki wo bema planira iw konzienzey ellaborira lingwe kwaw ALFA en las cienzas rondes, nis memoruy pri las motives kwas instigen la apere du pluras "artifikas" lingwes dum la kambie du yarcentes XIX iw XX. Por rememori twas justas motives, tawgey xrax fari wo bema "retrospekte" cirkaw la apere du Esperanto, lingwe kwa yu hodiey restan kwaw la bley brila venkuna spezimene inter twom twas proves. Iw pri twe, nis povax simpley konsulti pri la vortete "Esperanto" en las "mekanismes du sercade" du nus nuntempa monda komputuro rete Internete, iw jui pri las yuhodias proves du bravas Esperantistes pruvi al la skeptika monde pri la valore du wo bela cerbumira lingwe kwaw Esperanto.

ALFA sekvan avanzuna sur la sama voye. Sed ALFA yam povax xri konsiderira wo "up grade" du Esperanto por cienzas zeles, ar kwa nur povax xri tawgey komprenira perey du gramatika komparade inter Esperanto iw ALFA. Jim nus nir povax diri, por iom klarifi pri la diferenze inter twas dos planiras lingwes, ke Esperanto xrax kwaw la blanka-nigra televide du pasee, dum ALFA korespondax al la moderna kolora televide.

Sed pri la graveze du wo newtrala internacia cienza lingwe, nis rimarkuy la nirfazile du angla lingwe por fremdas kultures al ja twa, la fakte ke la latina lingwe ankorey vastey uzijan ekzempley en la medizine iw en las biologias cienzes. Sed, prezipey, nis non forgesuy la future iw la Tria Yarmile, kwas, Dae voluy, nos kondukon iam al las Steles du Ciele. Iw kwam en la future la home finey atingox las Steles, nu, tu nis ankorey devox hibli perlipey preskey egaley nis hibladen en la Mezepoke?

Nis emfazuy ankey ke la nuna lingwe ALFA non-intenzan xri la definitiva komenza iw fina punktes, en la afere du planlingwes. Zi xaynan nur adekwata dawre du labore yam komenzira ji-kampey. Iw twa labore povax pli faziley prosperi perey du Lingwe ALFA, poys nis wew bezonan wo modele por agadi iw peskizi, ekzempley, pli fundoy pli las realas kapablezes fonas, fono-reprezentovas, iw komunikovas - generaley - du home, iw kwey elprofiti twas kapablezes zeley al la cienze, al la konade, iw ankey zeley al la komprenuna paze. Twa xran la vera defie kwoy pruxjetan se ALFA.

Tway, nis esperan ke la legune non deklinijuy di raxipzi iom da su altvalora tempe por la studade du ji-twa lingwe zorgey pritraytira.

Itamar Alves Itxe ( awtore du ALFA & TETA )

PREFACIO DO AUTOR

LINGUAGEM ALFA

ALFA é um protótipo de língua planejada inspirada e baseada no mundialmente conhecido idioma planejado "Esperanto". Contudo ALFA é um pouco mais direcionada para utilização em "ciências", principalmente Matemática e Física, para começar. Embora o velho idioma planejado "Esperanto" desfrute até hoje de um certo respeito, nós contudo preferimos ALFA pois este ultimo evidentemente define-se como uma adequada "evolução" a partir do primeiro, para fins científicos.

Para termos uma idéia da importância de se introduzir um bom idioma planejado e conscientemente elaborado, como ALFA, nos círculos científicos, devemos nos lembrar dos motivos que instigaram o aparecimento de várias línguas "artificiais" durante o período de transição do século XIX para o século XX. Para lembrar aqueles justos motivos, seria conveniente fazer um bom "retrospecto" acerca do aparecimento do Esperanto, língua que até hoje permanece como o mais brilhante e vencedor especime dentre tantas daquelas tentativas. E sobre isso, nós poderíamos simplesmente consultar sobre a palavrinha "Esperanto" nos "engenhos de busca" de nossa moderna rede de computadores Internet, e apreciar as provas que os incansáveis "Esperantistas" fazem até hoje para provar ao mundo cético o verdadeiro valor de um belo idioma planejado como o Esperanto.

ALFA segue avançando nessa mesma trilha. Mas ALFA já poderia ser considerada uma "up grade" do Esperanto para finalidades científicas, o que somente poderia ser adequadamente compreendido através de comparação gramatical entre o Esperanto e ALFA. Aqui nós poderíamos somente dizer, a fim de esclarecer um pouco sobre a diferença entre essas duas linguas planejadas, que o Esperanto seria comparável à televisão em preto-e-branco do passado, enquanto ALFA corresponderia à moderna televisão colorida.

Mas sobre a importância de uma lingua científica internacional neutra, vamos citar a dificuldade de aprendizagem e uso da lingua inglesa por culturas estrangeiras à mesma, ao fato que a lingua latina ainda é vastamente utilizada por exemplo na medicina e nas ciências biológicas. Mas, principalmente, não esqueçamos o futuro e o Terceiro Milênio, os quais, queira Deus, algum dia nos levarão às Estrelas do Céu. E quando no futuro o homem finalmente alcançar as Estrelas, ora, então mesmo nesse dia o homem continuará falando com seus lábios de maneira quase idêntica ao homem da Idade Média?

Vamos enfatizar também que a atual lingua ALFA não tem qualquer pretensão de ser os pontos inicial e final no campo das linguas planejadas. Ela contudo parece ser uma continuação adequada de um trabalho já em desenvolvimento nesse campo. E esse trabalho poderia mais facilmente prosperar por meio da Lingua ALFA, uma vez que nós de fato precisamos de um modelo para agir e pesquisar, por exemplo, mais fundamente sobre as reais potencialidades fonéticas, fono-representativas, e comunicativas em geral do homem, e como usufruí-las em proveito da ciência, do conhecimento, e também da paz cognitiva. Esse é na verdade o desafio ao qual se lança ALFA.

Portanto, nós esperamos que o leitor não se decline em despender um pouco de seu valioso tempo no estudo dessa lingua cuidadosamente delineada.

Itamar Alves Itxe ( autor de ALFA & TETA )

 

TETA - TRANSFORMAZIE (OW TEORIE) DU ABSOLUTA SPAZE-TEMPE

ENKONDUKE

La zele du jia verke xran montri ke la Eynsteyna Speziala Relativeze (SR, kurtajey) povax xri avawira per absolutas konzeptes du spaze iw tempe, kondicey ke twas konzeptes inkluduy la konstanze du velozite du lume en la vakue law la vidpunkte du cas observunes kwi stan en absoluta ripoze ow en absoluta movade ye wo absoluta velozite en la absoluta spaze (en la kaze du lus velozites xri nirpli granda om la lumo velozite), kun la revene du "absoluta samtempeze" simila al twa samtempeze yam konira en la klasika fizike.

Sed en la kaze du absoluta velozite du observune ultrapasi la ordinara lumo velozite, twam la observune trovijan en la "hiperspaze", iw por le non plu validan la leje du konstanze du lumo velozite.

Twey, por atingi nus zele, nis prezentan la "Transformazie TETA", por substitui la "Lorentza Transformazie" (kwa xran akzeptira fa SR), iw nis ankey prezentan nus prezipas argumentes por enkonduki las novas konzeptes pri absolutas spaze iw tempe.

la awtore

 

TETA - TRANSFORMAÇÃO (OU TEORIA) DO ESPAÇO-TEMPO ABSOLUTOS

INTRODUÇÃO

O objetivo dessa obra é mostrar que a Relatividade Especial de Einstein (SR, abreviadamente) pode ser substituída por conceitos de espaço e tempo absolutos, sob a condição de que esses conceitos incluam a constância da velocidade da luz no vácuo do ponto de vista de todos os observadores que estão em repouso absoluto ou em movimento absoluto com velocidade constante no espaço absoluto (no caso de suas velocidades serem menores do que a velocidade da luz), com o retorno da "simultaneidade absoluta" semelhantemente à simultaneidade já conhecida na Física Clássica.

Mas no caso da velocidade absoluta do observador ultrapassar a velocidade da luz ordinária, então o observador encontra-se no "hiperespaço", e para ele não é mais válida a lei da constância da velocidade da luz.

Assim, para atingir nosso objetivo, nós apresentamos a "Transformação TETA", para substituir a "Transformação de Lorentz" (que é aceita pela SR), e nós também apresentamos nossos principais argumentos para introduzir os novos conceitos sobre espaço e tempo absolutos.

o autor

Kwam la vintre alvenox, mi volox sti ye ve. Kwam awtune revenox, mi volox sti ye ve.